Kanchanaburi

Ao chegarmos a Kanchanaburi, vindos de Banguecoque, encontramos nesta cidade traços de modernismo e muito charme.

Alugamos duas bicicletas no Canaan Guesthouse, onde estávamos hospedados. A pedalar fomos ver os memoriais e museus da 2ª guerra mundial e o cemitério dos aliados onde estão sepultados cerca de 7000 mil soldados, quase metade são ingleses, muitos são australianos e holandeses. Também aqui, como um pouco por todo lado, os cemitérios estão cheios de pessoas que morreram para defender fronteiras! Lembranças de um passado tenebroso! Durante a guerra os japoneses usaram prisioneiros dos países aliados e trabalhadores escravos asiáticos para construir a linha ferroviária para Myanmar. Mais de 100 mil trabalhadores acabaram por morrer devido às desumanas condições de trabalho. Esta triste história tornou-se famosa quando foi contada no livro de Pierre Boulle, “The Bridge Over the River Kwai” (a ponte sobre o rio Kwai) e, posteriormente, no filme de 1957 com o mesmo nome. O museu Jeath War, ao longo das suas galerias, conta esta mesma historia com realismo pragmático e sem o romantismo das obras que referi.

 

Mas nós não estávamos aqui só para viajar na historia. Queríamos também conhecer o bairro mais bonito da cidade, a heritage walking street. Começamos o nosso passeio no restaurado Portão da Cidade. Esta maravilhosa rua antiga mostra como era Kanchanaburi em outros tempos. Muitas lojas datam do fim do séc. 19 e principio do séc. 20. A variedade de edifícios incluem arquitectura sino-portuguêsa, tailandêsa, vietnamita e estilos chineses. Nos sinais amarelos lemos a história de quase 20 deles. Aqui, a bicicleta é demasiado rápida para apreciar tanta diversidade e tantos detalhes preciosos. Movemos pé ante pé, com pequenas passadas, às vezes para avançar outras para recuar, só para presenciar sem qualquer objectivo a não ser esse mesmo o de presenciar e fotografar as fachadas charmosas e quase tão anacrónicas para a arquitectura moderna como as nossas pernas para estas aventuras! Fisicamente a precisar, paramos para um chá e experimentar as conhecidas massagens tailandesas. Foi a melhor tareia das nossas vidas. 😜

Escrever dois parágrafos sem falar dos mercados de rua, principalmente do mercado nocturno, é injusto. São excelentes! De stand em stand saltamos de um petisco para o outro sempre rodeados por um mar de gente simpática. E assim, invariavelmente, terminávamos os nossos dias, no meio de um frenesim caótico mas “orientalmente” organizado, e mimados pelos sabores exóticos.

As cascatas de Erawan são as quedas de agua mais bonitas que eu alguma vez visitei! A agua tem um tom verde particularmente claro e brilhante, com uma porção desmaiada de azul como a cor das esmeraldas! Subimos os 7 patamares cercados por densa floresta e mergulhamos nas inúmeras lagoas cheias de peixes intrépidos. No principio, com as primeiras sugadas, sentimos algum desconforto e repulsa, mas rapidamente nos habituamos e esta simbiótica relação que acabou por ser divertida e proveitosa! Paramos para piquenicar, contemplar a natureza, fotografar e ao fim de 1.5 km, sempre a subir, chegamos ao topo, ao 7º e último patamar. Cansados? Sim, bastante. Mas se houvesse mais teríamos continuado.

Ao entardecer voltamos a apanhar o mesmo preguiçoso e cansado autocarro que nos tinha trazido cá e fizemos a viagem no sentido inverso de regresso a Kanchanaburi, sempre com o ponteiro do velocímetro a bater nos estonteantes 20 ou 30 km/h. Foi uma viagem tranquila (desta vez ninguém me beliscou os braços nas curvas apertadas😉)!  Chegamos mais ou menos 2 horas depois rendidos e encantados com o charme desta cidade…

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s